Como combinar cosméticos na sua rotina de beleza?

, ,
Combinar cosméticos

Alguma vez se perguntou como combinar cosméticos na sua rotina de beleza de forma eficaz? A quantidade de produtos que deve utilizar pode fazê-la sentir-se confusa e sem saber os benefícios de que cada um. De facto, algumas combinações são altamente recomendadas e outras devem ser evitadas.

Na Atida | Mifarma tentamos tornar as coisas mais fáceis para si e hoje queremos que aprenda um pouco mais sobre como utilizar cosméticos faciais. Não perca nada!

Ingredientes que pode misturar

Para um cuidado perfeito da pele, vamos ver algumas combinações vencedoras:

Retinol + Niacinamida

Embora o retinol seja um dos ingredientes ativos anti-envelhecimento mais importantes, não é para todos, uma vez que pode ser irritante. 

No entanto, se o combinar com vitamina B3 ou Niacinamida, este efeito irritante é reduzido. Assim sendo, pode utilizar um sérum com niacinamida antes do sérum de retinol, uma vez que aumenta a sua tolerância. Além disso, melhora a função da barreira da pele.

Por último, termine a sua rotina com um hidratante com ceramidas.

Retinol + Ácido hialurónico

A ação hidratante do ácido hialurónico não é agressiva e tem um benefício muito interessante: ajuda-a a rejuvenescer. Pode facilmente combiná-lo com vários ingredientes que são considerados muito reativos, como o retinol. Faça isto sem medo de sofrer uma reação ou dano no seu rosto.

A nossa recomendação é aplicar o retinol após o ácido hialurónico. Desta forma, minimiza-se a irritação e não interfere com a sua função normal.

Ácido hialurónico + AHA/BHA

O ácido hialurónico é um ingrediente ativo que pode ser utilizado com segurança em todos os tipos de pele.

O seu alto poder hidratante torna a pele muito mais nutrida e também a sela. Como resultado, é um grande aliado dos ácidos lático, glicólico e salicílico (AHA/BHA). Esta combinação de ingredientes ativos promove uma limpeza profunda dos poros e uma hidratação máxima.

AHA + BHA

A combinação dos alfahidroxiácidos (AHA), como os ácidos cítrico, lático ou glicólico, com betahidroxiácidos (BHA), como o ácido salicílico, produz uma grande esfoliação. Os primeiros são solúveis em água e os segundos são solúveis em óleo. Isto significa que os BHA atuam dentro do poro, mais profundamente na pele, enquanto que os AHA atuam na camada mais externa.

Lembre-se de utilizar um creme hidratante para o seu tipo de pele após a esfoliação.

Vitamina C + Vitamina E

A vitamina E é rica em antioxidantes. Também protege e acalma a pele das agressões externas e do stress. Não é, portanto, surpreendente que seja misturado com vitamina C, uma vez que tem os mesmos benefícios.

A aplicação conjunta destas vitaminas torna-as estáveis e, ao mesmo tempo, melhoram-se umas às outras. Penetram na pele de uma forma diferente e asseguram um grande poder antioxidante.

Ingredientes que NÃO deve misturar

Após as combinações de ativos cosméticos acima referidas, é altura de mencionar aqueles que não deve utilizar se não quiser que a sua pele sofra.

Vitamina C + AHA/BHA

Embora esta combinação possa ser comum, deve estar ciente de que minimiza o efeito dos ativos.

Os produtos que incorporam vitamina C na sua formulação são concebidos para atuar a um pH de 3. O que acontece se introduzir outros ácidos como os BHA e os AHA? A principal consequência é que o pH da sua derme é alterado e isto pode fazer com que o efeito da vitamina C seja anulado.

No entanto, é possível utilizar produtos com esta composição em diferentes alturas do dia. Por exemplo, com vitamina C durante o dia e com AHA ou BHA durante a noite.

Vitamina C + Niacinamida

Mesmo que não tenha pele sensível, esta combinação pode irritá-la em certas condições. A niacinamida, num pH ácido, transforma-se em ácido nicotínico com propriedades vasodilatadoras e rubefacientes, ou seja, pode ruborizar a pele.

Por esta razão, os produtos com niacinamida são normalmente formulados a pH neutro. A aplicação de produtos com pH ácido, antes ou depois da aplicação da niacinamida, promove esta reação. Mesmo assim, se a concentração de vitamina B3 não for elevada, dificilmente se notará a vermelhidão.

Por outro lado, a vitamina C pura é estável e eficaz a um pH ácido. Mas também é comercializado a um pH mais elevado para o tornar adequado para peles sensíveis. O problema, nestes casos, é que leva mais tempo a estabilizar. No entanto, os derivados de vitamina C podem ser formulados a um pH neutro sem problemas de estabilidade.

Se quiser combiná-los, a vitamina C deve ser idealmente utilizada na sua rotina matinal, devido à sua capacidade antioxidante. À noite, será altura de utilizar a niacinamida. Se quiser fazê-lo dentro da mesma rotina, é melhor permitir que o primeiro seja absorvido. Por outras palavras, terá de esperar cerca de 15 minutos entre as aplicações para que o rubor não apareça.

Vitamina C + Retinol

Em alguns cosméticos pode encontrar esta combinação de ativos. Neste caso, não precisa de se preocupar, pois os laboratórios adicionarão as percentagens corretas de cada um para que não haja efeitos adversos.

No entanto, se os utilizar em cosméticos diferentes, deve estar ciente de que pode ocorrer uma esfoliação excessiva. A mistura é instável e provoca uma reação. Como resultado, a pele do seu rosto ficará desprotegida e poderá ficar inflamada, escamosa, irritada ou mesmo manchada.

Retinol + AHA/BHA

Combinar ácidos como AHA ou BHA com vitamina A (retinol) é um risco, especialmente para a pele mais delicada. O problema é que o elevado poder esfoliante dos componentes pode ser demasiado agressivo. Por outro lado, o retinol penetra melhor na pele com pH neutro.

Mais uma vez, a forma de os introduzir na sua rotina de beleza é aplicar um de dia (AHA) e um à noite (retinol). Mas também pode alternar noites, ou seja, uma noite de retinol e a noite seguinte de AHA.

Em qualquer caso, o retinol deve ser sempre aplicado à noite. Por ser um produto fotossensível, pode irritar a pele com a radiação solar.

Peróxido de benzoílo + AHA/BHA

Um dos ingredientes mais comuns nos tratamentos da acne é o peróxido de benzoílo. Mas se o combinar com esfoliantes químicos, como os AHA, pode ser prejudicial para a sua derme.

A chave para utilizar ambos sem reações adversas na pele é alternar a sua utilização.

Retinol + Peróxido de benzoílo

A utilização de retinol para combater rugas e manchas é muito comum, mas não é recomendado utilizá-lo ao mesmo tempo que o peróxido de benzoílo. Esta precaução é ainda mais importante se tiver pele sensível, pois pode causar descamação e vermelhidão.

A solução é alternar a sua utilização e utilizar peróxido de benzoílo apenas como um tratamento localizado para a acne.

De que necessita a minha pele?

No mercado, encontrará uma grande variedade de cosméticos e princípios ativos para cada necessidade. Mas tantas alternativas podem inquietá-la. O ideal é começar com uma rotina básica de acordo com o seu tipo de pele e depois incorporar tratamentos específicos para melhorar as suas preocupações.

A pele é a primeira linha de defesa contra qualquer tipo de agressão externa (poluição ambiental, radiação solar…). Se estiver danificada, os problemas que a preocupam podem ser agravados; no entanto, uma pele saudável permitir-lhe-á tratá-los eficazmente. Além disso, se estiver irritada ou alterada, não assimilará os cosméticos da mesma forma. Por conseguinte, reduzirá a sua eficácia e o envelhecimento será prematuro.

Assim sendo, a nossa recomendação é que faça o possível por ter uma pele saudável e lhe proporcione os cuidados de que necessita em cada caso.

Combater as manchas

As propriedades do ácido azelaico tornam-no ideal para tratar a acne, refinar a textura da pele e melhorar algumas manchas. 

O seu elevado poder despigmentante, combinado com a ação da vitamina C estabilizada, torna-o ideal para combater as manchas e obter uma pele mais luminosa.

Renovar a pele

A combinação de retinol com AHA como o ácido glicólico ou outros esfoliantes é perfeita para renovar a pele. Para a máxima eficácia pode utilizar primeiro os AHA e depois a vitamina C. Desta forma, o pH será o mais adequado.

A combinação de ambos os cosméticos ajudá-la-á a melhorar tanto o tom como a textura do seu rosto.

Regenerar a pele.

Numa pele desidratada é normal que as linhas de expressão sejam mais marcadas e a tez tenha um aspeto baço. A combinação de ceramidas, pantenol (vitamina B5) e ácido hialurónico restaura a perda de hidratação no seu rosto.

As propriedades da vitamina B5 (acalma, regenera, hidrata…), combinadas com o ácido hialurónico, restabelecem a elasticidade e a hidratação. E as ceramidas formam uma camada protetora que bloqueia a humidade e reforça a barreira natural da pele.

Manter-se livre de acne

A pele sensível e propensa a acne necessita de produtos específicos para manter-se livre de acne. Assim sendo, a combinação de ácido salicílico e niacinamida é altamente recomendada.

O primeiro descongestiona os poros e remove as células mortas, ao mesmo tempo que suaviza a pele. O segundo tem propriedades calmantes, necessárias para conter a inflamação causada pela acne. Também redefine os poros e tem propriedades antioxidantes.

Como pode ver, combinar cosméticos na sua rotina de beleza dar-lhe-á grandes resultados se souber como o fazer. Na Atida | Mifarma queremos fornecer-lhe toda a informação de que necessita para se sentir bem consigo mesma. É por isso que recomendamos que se mantenha atenta às atualizações no nosso blog.

Reme Navarro Escrivá

Farmacêutica e Nutricionista. Licenciada em Farmácia na Universidade de Valencia no ano 2007, Licenciada em Nutrição na mesma universidade em 2009. Dedicada ao mundo da saúde e da farmácia há mais de 15 anos. De reunião em reunião, na Atida eu escrevo este blog sobre temas que considero interessantes para a saúde e cuidado pessoal.

0 comentários

Deixa o teu comentário

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *