Tratamentos capilares durante a gravidez

,

Está à espera de um bebé e nota que a sua gravidez está a afetar o seu cabelo? Quer conhecer os melhores tratamentos capilares para mulheres grávidas? Eis o que pode fazer para manter o seu cabelo saudável e o que deve evitar.

As alterações hormonais durante a gravidez causam a transformação do seu cabelo. No entanto, cada pessoa é diferente e nem todos sofrem o mesmo impacto hormonal. Há mulheres que melhoram a sua aparência e outras que, durante o primeiro trimestre, sofrem de cabelo enfraquecido, oleoso, baço e sem vida.

Da mesma forma, neste período o cabelo pode começar a cair subitamente. Se quiser evitar isto, é importante utilizar champôs isentos de silicones e sulfatos, pois estes ingredientes impedirão a oxigenação e promoverão a desidratação.

Rotinas capilares a evitar durante a gravidez

Se estiver grávida pela primeira vez, certamente terá muitas dúvidas sobre o que pode ou não fazer. Pode pintar o seu cabelo? Existem produtos prejudiciais? Aqui estão alguns tratamentos capilares que deve evitar durante a gravidez.

1. Alisamento, descolorações e permanentes

Os produtos químicos utilizados em todos estes tratamentos podem ser prejudiciais para o feto. Não há estudos científicos que corroborem isto, mas diante da dúvida é melhor adiar qualquer um destes procedimentos, mesmo que já os faça desde sempre.

2. Cuidados regulares com o cabelo

É importante que quando comprar ou usar um champô ou condicionador leia o rótulo dos ingredientes. Recomendamos que escolha produtos que não contenham ftalatos (tais como laca), parafinas, silicones e parabenos. 

Nesta fase da sua vida, é melhor optar por produtos cosméticos naturais.

3. Tintas para o cabelo

Se há algo em que a maioria dos ginecologistas concordaram é que não aconselham a coloração do cabelo, pelo menos no primeiro trimestre de gravidez. A razão reside no amoníaco que estes produtos podem conter, o que terá um impacto negativo no desenvolvimento do feto.

Hoje em dia, a maioria dos corantes reduziu consideravelmente a presença deste composto. No entanto, seria interessante fazer um teste de alergia às mulheres grávidas para confirmar se a alteração hormonal produziu algum tipo de intolerância.

Os especialistas recomendam sempre a utilização de corantes vegetais naturais Phyto que não contenham amoníaco ou oxidantes, ou a utilização de henna para pintar os cabelos brancos.

4. Tratamentos anti-queda de cabelo

Este tipo de tratamento pode conter algumas substâncias que são prejudiciais para o feto. Por conseguinte, antes de utilizar qualquer um deles, é essencial que consulte o seu médico ou farmacêutico. Dir-lhe-ão se pode ou não utilizá-lo e se é melhor suspender a sua utilização até ao parto ou até depois de amamentar.

5. Alisadores, secadores de cabelo e certos estilos de penteado

O ar demasiado quente e os ferros de alisar submetem o cabelo a temperaturas elevadas. Como resultado, irão enfraquecê-lo. Por conseguinte, é melhor evitar a utilização deste tipo de aparelho.

Além disso, durante a gravidez, recomendamos que prescinda daqueles penteados e ornamentos que mantêm o cabelo esticado e apertado. Embora os rabos de cavalo e os coques mantenham o cabelo afastado da cara, torná-lo-ão mais frágil.

Tratamentos capilares mais adequados

Para ficarem bonitas durante a gravidez, muitas mulheres procuram ter um cabelo bonito. Portanto, a chave é manter o seu couro cabeludo saudável e hidratado. Desta forma, podem mitigar os efeitos da queda de cabelo que ocorrem após o parto. No entanto, cada cabelo necessita de um tipo específico de tratamento, e isto pode agravar os seus problemas devido à alteração hormonal que ocorre.

Sabendo isto, quais são os melhores tratamentos capilares para mulheres grávidas?

1. Madeixas

Ao contrário das outras colorações que mencionámos, salvo para as exceções descritas acima, esta é permitida. Porquê? Porque quando são aplicados não é necessário que o couro cabeludo seja impregnado e, como resultado, o corante não entrará em contacto com a pele. No entanto, recomenda-se que as mulheres grávidas usem uma máscara para evitar a inalação de vapores químicos.

Se notar que o seu cabelo se tornou mais seco desde que engravidou, lembre-se que as madeixas podem acentuar esta condição.

2. Suplementos alimentares

As cápsulas da Bayer Priorin contribuem para a manutenção e cuidado do seu cabelo em condições normais. Na sua formulação pode encontrar óleo de gérmen de trigo, extrato de painço, Vitamina B5 e L-cistina.

Este suplemento fortalece o cabelo desde a raiz para aumentar o crescimento, brilho, volume e promove um cabelo saudável. Por conseguinte, é uma das soluções mais eficazes contra a queda de cabelo.

É útil nas mudanças de estações, distúrbios de crescimento difuso e durante o pós-parto. Também em tempos de stress elevado e no caso de certas dietas com carências nutricionais.

Durante o período pós-parto, voltará a sofrer perturbações hormonais e, por conseguinte, os seus níveis de progestogénios, estrogénios e queratina serão reduzidos. Tudo isto contribui para o enfraquecimento do seu cabelo e faz com que este caia temporariamente. Portanto, um suplemento alimentar como as cápsulas da Priorin irá fortalecer as suas fibras capilares e fornecer-lhe os nutrientes de que necessita.

3. Lavar o seu cabelo com champôs específicos

É importante que utilize produtos adequados ao seu tipo de cabelo para evitar agravar o problema se este estiver demasiado seco ou oleoso. Pode fazê-lo graças aos champôs da Phyto

Tinha cabelo oleoso antes da gravidez? Então terá de o lavar mais vezes, pelo que terá de usar um champô que não seja agressivo para o seu couro cabeludo, mas que repare e proteja. Lembre-se também de lavar o seu cabelo com água morna e penteá-lo suavemente sem puxar.

4. Massagens capilares

As massagens são sempre uma ótima forma de relaxar. Nesta fase, as massagens capilares serão ótimas para si porque não só a relaxarão, mas também ajudarão a estimular a circulação sanguínea. Desta forma, estará a melhorar a aparência e a vitalidade do seu cabelo.

5. Dieta rica em legumes e frutas

O cuidado do cabelo e da pele é sempre feito de dentro para fora. Assim, a dieta torna-se um elemento essencial a ter em conta. Como pode fazê-lo? Através do consumo de frutas e legumes. Estes irão fornecer-lhe minerais e vitaminas que não só são bons para fortalecer o seu cabelo, mas também são bons para o seu bebé.

Como pode ver, há muitas formas de cuidar do seu cabelo durante a gravidez. Basta ter em conta quais são os produtos mais recomendados e escolher os que melhor se adaptam ao seu estilo de vida. Se ainda tiver alguma dúvida, na Mifarma by Atida Plus estamos aqui para a ajudar. Deixe-nos as suas perguntas nos comentários e teremos todo o gosto em responder-lhe.

Reme Navarro Escrivá

Farmacêutica e Nutricionista. Licenciada em Farmácia na Universidade de Valencia no ano 2007, Licenciada em Nutrição na mesma universidade em 2009. Dedicada ao mundo da saúde e da farmácia há mais de 15 anos. De reunião em reunião, na Atida eu escrevo este blog sobre temas que considero interessantes para a saúde e cuidado pessoal.

0 comentários

Deixa o teu comentário

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *