Diferenças entre terçolho, calázio e blefarite

, ,
terçolho, calázio e blefarite

Os problemas nas pálpebras, como terçolho, calázio e blefarite, podem ocorrer em qualquer idade. No entanto, são mais prevalecentes nas crianças. Por esta razão se insiste numa limpeza diária da pálpebra com produtos adequados, bem como a lavagem frequente das mãos dos mais pequenos.

Se notar que o seu filho esfrega muito os olhos, produz muitas remelas ou apresenta uma protuberância ou irritação, estes podem ser sintomas que merecem uma maior atenção.

O que é um terçolho?

Um terçolho é uma inflamação, localizada ou generalizada, que afeta as pálpebras ou a borda da pálpebra. É o resultado de uma infeção aguda causada por uma bactéria chamada Staphylococcus aureus. Se se manifestar externamente, os folículos das pestanas, as glândulas pilossebáceas de Zeiss ou as glândulas sudoríparas de Moll podem ter sido infetadas. No caso de um terçolho interno, as glândulas meibomianas são afetadas.

As bactérias que os causam estão geralmente presentes na pele e nas membranas mucosas, especialmente nas mucosas nasais. Por esta razão, a melhor forma de os prevenir é cuidar da higiene. Isto é difícil quando o paciente é uma criança pequena e ainda não compreende que não deve tocar nos olhos com as mãos.

Muitos especialistas apontam para um défice no sistema imunitário como a causa deste tipo de infeção. A blefarite também pode levar a que eles ocorram. Em qualquer caso, o reforço das suas defesas pode ser a melhor forma de os evitar.

Além do desconforto causado pela inflamação, os terçolhos podem causar lacrimejamento, vermelhidão nos olhos ou na pálpebra, fotossensibilidade ou uma sensação de corpo estranho. São também muitas vezes dolorosos, especialmente os internos.

Se não forem tratados, os externos levam uma a três semanas a curar e os internos um pouco mais. Evoluem para um tom amarelo quando estão prontos para libertar o pus. Para acelerar este processo, coloque um pano quente sobre o terçolho durante alguns minutos várias vezes ao dia. Nunca se deve aplicar frio.

O que é um calázio?

É um pequeno caroço que aparece quando uma das glândulas sebáceas da pálpebra, chamadas glândulas meibomianas, fica bloqueada. O óleo segregado pela glândula não pode sair e forma um pequeno caroço. Aparece normalmente em pessoas com blefarite, rosácea ou dermatite seborreica. No entanto, também pode afetar pessoas que não removem corretamente a maquilhagem dos olhos ou que utilizaram cosméticos caducados, entre outras causas.

Embora cause inflamação, não há infeção bacteriana. O uso de antibióticos, neste caso, é inútil. Normalmente, desaparece por si só no prazo de duas a oito semanas. Em alguns casos, no entanto, enquistam. O oftalmologista pode prescrever esteróides ou recomendar a cirurgia.

As compressas quentes reduzem a inflamação e alguma massagem na área estimula a secreção glandular.

O que é a blefarite?

A blefarite é uma inflamação na borda livre das pálpebras. É causado, entre outras coisas, por um excesso de secreção de óleo das glândulas sebáceas que lubrificam as lágrimas, que se acumula sob a forma de remela ou caspa. Isto favorece, por vezes, a proliferação de bactérias estafilocócicas.

Assim, podemos distinguir entre blefarite ulcerosa quando é bacteriana e blefarite não ulcerosa quando é puramente seborreica. Esta última pode ocorrer paralelamente à conjuntivite e à produção excessiva de óleo no couro cabeludo, orelhas e sobrancelhas.

Está geralmente associado ao aparecimento de terçolhos e calázios e uma boa higiene das pálpebras evita a evolução para complicações piores. Deve ser dada especial atenção à posição errada de algumas pestanas, uma vez que a massa pegajosa que se forma na sua base pode invertê-las.

A pediculose palpebral pode ocorrer especialmente em crianças. Esta é uma variedade de blefarite causada por piolhos e lêndeas na borda da pálpebra e pestanas. Nestes casos, além do tratamento adequado, é importante a remoção manual de lêndeas.

Por outro lado, o ácaro Demodex foliculorum é responsável por uma parte considerável dos casos de blefarite bacteriana. É o ectoparasita permanente mais comum nos seres humanos. Vive nas nossas pestanas. É geralmente inofensivo, mas é por vezes causado por certas doenças.

Para reduzir a inflamação, coloque compressas quentes na zona durante alguns minutos várias vezes ao dia.

Principais diferenças entre terçolho, calázio e blefarite

Muitas pessoas não conhecem as diferenças entre terçolho, calázio e blefarite. Estas são as três condições mais comuns que ocorrem no exterior ou no interior das pálpebras e causam desconforto. No entanto, esta distinção é importante porque as suas causas não são as mesmas e, assim sendo, cada uma delas exigirá um tratamento específico.

Um terçolho tem uma origem bacteriana cuja infeção pode dever-se a várias causas. Após dois ou três dias, geralmente evolui e pode ser vista um pequeno ponto amarelo através do qual o pus pode sair. Além disso, normalmente causa dor.

Quanto ao calázio, normalmente começa como resultado da obstrução do orifício de uma glândula sebácea e parece uma borbulha. É mais profundo que um terçolho, que se encontra normalmente no folículo de uma pestana. Outra diferença é que normalmente não causa dor e a inflamação que provoca não costuma afetar toda a pálpebra, algo que acontece com o terçolho.

A blefarite, por outro lado, pode ser facilmente distinguida se prestarmos atenção aos seus primeiros sintomas. Provoca caspa ou vermelhidão na borda livre da pálpebra e isto geralmente causa comichão ou ardência. Pode também causar a sensação de ter um corpo estranho e queda de pestanas, sintomas que são menos comuns do que os dos terçolhos ou calázios. Ao contrário dos outros dois, que podem ser recorrentes, a blefarite pode tornar-se crónica.

Tratamentos

Estas condições normalmente curam-se por si próprias após algumas semanas. No entanto, a fim de evitar complicações e reduzir o período de cura, pode tomar algumas medidas que o ajudarão muito.

Care + Toalhitas oftálmicas tecnologia prata

A prata, na sua utilização tópica, protege e mantém o equilíbrio natural da flora bacteriana existente na pele. Além disso, este tipo de formato permite a sua utilização tanto no frio como no calor. No caso de obstruções e da presença de bactérias, é sempre aconselhável aplicar compressas quentes.

Careplus

Comprar

 

As Care + Toalhitas oftálmicas tecnologia prata também têm propriedades hidratantes e regenerativas graças ao aloé vera. O extrato de calêndula fornece propriedades antisséticas e a camomila tem um efeito calmante. É importante não utilizar a mesma toalhita em ambos os olhos, especialmente em caso de infeção bacteriana.

 

Ectodol gel de limpeza de pálpebras Brill Pharma

A ectoína possui qualidades protetoras e um efeito de barreira que acelera a recuperação dos tecidos danificados, mantém a hidratação natural e reduz a vermelhidão e inflamação.

Ectodol

Comprar

 

O Ectodol gel de limpeza de pálpebras Brill Pharma acrescenta à ectoína os efeitos favoráveis do óleo essencial da árvore de chá, que é um poderoso inseticida natural que se tem mostrado eficaz quando a blefarite aparece associada ao Demodex ou lêndeas e piolhos. É um produto de limpeza completo recomendado em casos de blefarite.

 

Bañoftal banho ocular

A água de hamamélis, além de promover a circulação, atua como anti-inflamatório, cicatrizante e hidratante na pele. Por outro lado, possui um efeito calmante que ajuda a aliviar a dor e, acima de tudo, a comichão.

Bañoftal

Comprar

 

O Bañoftal banho ocular completa a sua fórmula com extrato de calêndula. Esta planta ajuda a regenerar a pele e estimula a produção de colagénio. Possui propriedades antisséticas e curativas. Ajuda a descongestionar os olhos e, como precaução, é aconselhável desinfetar bem o recipiente se o for utilizar em ambos os olhos.

 

Equinácea Pinisan Fitopremium

A equinácea, nas suas diferentes variantes, é uma planta com importantes propriedades antibióticas. É também rica em vitamina C e antioxidantes, o que constitui um estímulo importante para fortalecer as defesas.

Balasense

Comprar

Pinisan

Comprar

Equinácea Pinisan Fitopremium possui a propriedade de estimular o sistema imunitário cuja debilidade tem levado à formação de treçolhos. Não deve ser utilizado como um tratamento prolongado. Se precisar de aumentar as suas defesas, uma vez curado o treçolho, pode tomar outros suplementos alimentares, como o Balasense Vitamina C Retard.

Tratamento farmacológico

Se estas condições forem muito intensas e tiverem uma origem bacteriana, o oftalmologista recomendará o uso de gotas oftalmológicas ou pomadas com antibióticos. Nesta situação, é necessário seguir com exatidão as prescrições do especialista para uma rápida recuperação.

Outras precauções que deve tomar

Se utilizar lentes de contacto, deve deixar de as utilizar até ao terçolho, calázio ou blefarite desaparecerem caso sejam de origem bacteriana. Deve também evitar aplicar maquilhagem nos olhos se tiver o hábito de o fazer. Por outro lado, aconselhamo-lo a não espremer em circunstância alguma a protuberância pensando que cicatrizará mais rapidamente. Pode ser contraproducente. Além disso, se sentir qualquer mudança na sua visão, é aconselhável consultar um médico.

Geralmente, um terçolho, calázio ou blefarite dura algumas semanas e as complicações são raras. Em qualquer caso, na Atida Mifarma oferecemos-lhe todo o tipo de conselhos e estamos constantemente a ctualizar as nossas redes sociais com todas as novidades para sentir-se bem. Basta segui-las.

Reme Navarro Escrivá

Farmacêutica e Nutricionista. Licenciada em Farmácia na Universidade de Valencia no ano 2007, Licenciada em Nutrição na mesma universidade em 2009. Dedicada ao mundo da saúde e da farmácia há mais de 15 anos. De reunião em reunião, na Atida eu escrevo este blog sobre temas que considero interessantes para a saúde e cuidado pessoal.

0 comentários

Deixa o teu comentário

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *