Tipos de orgasmos femininos e masculinos

,

Sabes o que é um orgasmo e quais são os diferentes tipos que existem? Se sempre tiveste curiosidade relativamente a este tema, estás com sorte! Hoje abordamos, neste artigo, os diferentes tipos de orgasmo feminino e masculino.

O orgasmo é o auge da excitação sexual e ocorre quando a tensão sexual atinge o seu máximo. Isso liberta toda a pressão do corpo e dos órgãos genitais. Na verdade, quando atinges o orgasmo, uma agradável sensação de bem-estar percorre pelo teu corpo.

Tipos de orgasmos

Mas persistem muitas questões sobre o orgasmo, embora o leitor possa já conhecer a sensação que este último provoca. Hoje, em Mifarma, iremos falar-te dos diferentes tipos de orgasmos femininos e masculinos que existem. Vamos a isso!

Tipos de orgasmos em mulheres

Quando a mulher tem um orgasmo, sente várias contrações com intervalo de menos de um segundo, que diminuem em frequência, intensidade e duração. Estas sensações não estão apenas localizadas na pélvis, como também são gerais em todo o corpo.

O que acontece quando existe um orgasmo feminino?

  1. Aumento da pressão arterial, respiração e frequência cardíaca.
  2. Contração do útero e plataforma orgástica.
  3. Sensação subjetiva de plenitude ou explosão de prazer.

Após o orgasmo, a mulher passa por uma fase de recuperação do estado prévio. No entanto, se ela for estimulada novamente antes que a tensão sexual diminua, pode sentir uma série de orgasmos sucessivos.

Queres ficar a saber quais são os tipos de orgasmos femininos mais comuns?

1. Vaginal

O orgasmo vaginal é a resposta de uma estimulação exclusiva e deliberada da vagina. Da mesma forma, é possível que a fricção do clitóris ou de outras partes do corpo durante o processo colabore com ele. No entanto, para ter um orgasmo vaginal, não deve haver estimulação intencional de outras partes do corpo.

Outra causa do orgasmo vaginal pode ser a estimulação do ponto G. No entanto, esse é um tema que os especialistas debatem ainda nos nossos dias.

2. Clitoriano

Localizado na parte anterior da vulva, o clitóris possui mais de 8.000 terminações nervosas. Quando a mulher fica excitada, ocorre um processo semelhante ao pénis, ou seja, aumenta, incha e fica muito mais sensível.

É o centro do prazer feminino e o caminho mais simples para atingir um orgasmo, pois o seu acesso é muito fácil. Para isso, deve ser lambido, acariciado ou pressionado de forma rítmica e cuidadosa, dada a sua sensibilidade, para que a estimulação não passe de prazerosa a desconfortável.

3. Anal

Embora não seja tão comum, é tão satisfatório quanto os anteriores. Para ter um orgasmo deste tipo, são necessários uma grande estimulação prévia, um preservativo e uma grande quantidade de lubrificante.

Como não é uma prática comum, nas relações sexuais gera muitas expectativas. Além disso, se praticada de forma adequada, poderás, surpreendentemente, sentir sensações muito agradáveis.

4. Ponto G

O ponto G não é exclusivo das mulheres. Os homens também o possuem! Em ambos os casos, é necessário saber estimulá-lo adequadamente.

No caso das mulheres, encontra-se debaixo do osso púbico, a 4 ou 5 centímetros da entrada da vagina. É áspero ao toque e distingue-se perfeitamente da parede vaginal. Para sentir esse orgasmo, recomendamos que a mulher se deite de barriga para baixo para sentir a penetração em movimentos circulares.

5. Ponto A

Está localizado no fundo da vagina e do útero, em direção à área do umbigo. Se uma vantagem desse ponto deve ser destacada, é que ele não se sensibiliza acima do normal. A sua estimulação pode, portanto, ser contínua e continuar após o orgasmo, o que dará lugar a diversos orgasmos.

Para atingir o orgasmo com o ponto A, precisas de uma penetração profunda que exerça pressão e não várias penetrações superficiais.

6. Mamilos e seios 

Todo o teu corpo está conectado através do sistema nervoso, e tanto os mamilos como os seios não podem ser negligenciados nesta lista. Podes brincar com eles de uma forma sensual, lambê-los, apertá-los…

Muitas mulheres atingem um forte orgasmo simplesmente através da estimulação correta dos seios.

Tipos de orgasmos em homens

O orgasmo dura em média, no homem, entre 4 a 8 segundos. Durante essa reação fisiológica, o homem sente uma série de sensações agradáveis ​​nas quais entre 3 a 10 contrações são produzidas em 0,8 segundos.

O que acontece quando existe um orgasmo masculino?

  1. Aumento da respiração, pressão arterial e frequência cardíaca.
  2. Sensação subjetiva de grande prazer.
  3. Contração do pénis, uretra e esfíncter.
  4. Expulsão do sémen para o exterior.

Após o orgasmo, o homem recupera o seu estado prévio e começa o chamado período refratário. Durante esta fase, não ficará excitado novamente até que um determinado período de tempo tenha passado, dependendo de cada pessoa.

Queres ficar a saber quais são os tipos de orgasmos masculinos mais comuns?

O homem possui, principalmente, 3 maneiras diferentes de atingir aquela sensação de prazer que o sexo é capaz de gerar: o clímax. Porém, a falta de informação neste campo pode fazer com que o caminho que segue seja sempre o mesmo para atingir o seu objetivo.

De acordo com a ciência, podemos diferenciar 3 tipos de orgasmos masculinos. Embora todos pareçam semelhantes, são, na verdade, radicalmente diferentes.

1. Orgasmo tradicional

É aquele que é gerado em duas fases. Na primeira fase, acumula-se sémen na uretra posterior durante a ereção para que, na segunda fase, ocorra a “ejaculação”. Isto consegue-se através da estimulação do membro viril.

Este orgasmo é curto, mas muito intenso e ocorre quando a energia sexual aumenta consideravelmente até atingir o auge máximo, para depois entrar numa fase de calma absoluta.

2. Orgasmo de próstata

A próstata é uma glândula em forma de castanha voltada para o reto. A sua estimulação confere uma sensação completamente diferente daquela a que o homem está habituado.

Essa estimulação deve ser realizada principalmente através do canal anal, portanto, a sua implementação é socialmente limitada. A falsa associação do ânus com a homossexualidade privou durante anos os homens de poderem experimentar novas sensações.

Se um homem deseja alcançar o orgasmo da próstata, é necessário ter paciência. Será necessário dedicar o tempo necessário para poder gerar e reconhecer os estímulos a ela associados. Se a glândula for constantemente acariciada e adequadamente estimulada, um clímax pode ser alcançado de forma a que a estimulação do pénis não seja necessária.

3. Orgasmo seco

Por último, falemos sobre o orgasmo seco. Este é um orgasmo convencional caracterizado pela não ejaculação do sémen. Isso pode ser consequência de um problema de saúde e, nesse caso, seria necessária a visita de um especialista da área. Também pode acontecer porque um grande número de ejaculações ocorreu anteriormente. Para que o sémen seja completamente reposto, pode levar vários minutos ou até vários dias.

Como pudeste ver, existem diferentes tipos de orgasmo feminino e masculino. Já os conhecias? Se achaste este artigo interessante, fica ligado ao nosso blog e às redes sociais da Mifarma para mais informações.

Reme Navarro Escrivá

Farmacêutica e Nutricionista. Licenciada em Farmácia na Universidade de Valencia no ano 2007, Licenciada em Nutrição na mesma universidade em 2009. Dedicada ao mundo da saúde e da farmácia há mais de 15 anos. De reunião em reunião, na Atida eu escrevo este blog sobre temas que considero interessantes para a saúde e cuidado pessoal.

0 comentários

Deixa o teu comentário

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *