De que forma o outono e a COVID-19 afetam o nosso cabelo 

covid-cabelo

O outono é uma das piores épocas do ano para o teu cabelo, pois cai mais do que o normal. Além da sua queda habitual, este ano devemos contar com uma agravante que não tivemos noutros anos: as consequências da COVID-19 no nosso cabelo.

Depois do verão, o outono irrompe novamente nas nossas vidas, mudando as nossas rotinas (este ano mais do que nunca) e roupas. Mas isso não é tudo, e os seus efeitos também se manifestam na nossa saúde capilar. Tu também te apercebeste de que o teu cabelo cai mais do que o normal?

A verdade é que o outono em si não é a causa da queda capilar, porém, é comum que nesta estação notemos que ele se encontra mais enfraquecido, com menos volume e, inclusive, que caia mais.

Sabias que o ciclo de vida do cabelo tem 3 fases? A última, chamada de fase telógena, é a que corresponde à sua queda e costuma ocorrer mais frequentemente na primavera. Por que motivo, então, cai mais no outono? Muito simples: porque essa fase leva cerca de três meses para se completar, pelo que é no outono que o cabelo fica mais fraco e acaba por cair.

Mesmo assim, é a soma de diversos fatores que faz com que a queda seja maior do que a esperada nesta estação:

  • mudanças hormonais e redução das horas de luz.
  • aumento da atividade com regresso às rotinas após o verão.
  • a má tendência para reduzir a ingestão de vegetais e frutas.

Além disso, durante o verão, o cabelo sofre diferentes agressões e temos, infelizmente, tendência a cuidar menos dele.

Ao que nos referimos com a palavra “agressões”? A um excesso de radiação solar, à salinidade da água do mar, ao cloro das piscinas, ao facto de estarmos recolhidos em casa durante mais tempo, entre outros… Todas estas circunstâncias contribuem de uma forma ou de outra para que o cabelo se desidrate, perca elasticidade e se torne muito mais fraco e mais frágil.

A todas essas possíveis causas, devemos acrescentar, este ano, uma agravante que não tivemos noutros anos: as consequências da COVID-19 no nosso cabelo.

Consequências da COVID -19 no nosso cabelo

Embora pareça uma doença que ataca principalmente o sistema respiratório, a COVID-19 causa vários sintomas, sendo também perceptível no cabelo. Se és daquelas pessoas que sofre da doença de forma sintomática, já te deves ter apercebido de que o teu cabelo cai mais. Na verdade, pode cair até quatro vezes mais do que o normal.

Isso ocorre como consequência do chamado eflúvio telógeno causado pelo vírus. Este eflúvio é simplesmente uma queda de cabelo acentuada que, neste caso, é causada pelo vírus que danifica as raízes dos folículos capilares e interrompe o seu ciclo normal de crescimento. Os seus efeitos ocorrem três meses após ter sido infetado e, apesar de estar ciente e aplicar os devidos cuidados, é possível que essa queda se prolongue durante 6 meses.

Embora possa ser alarmante, o seu prognóstico é bom e o teu cabelo poderá regenerar-se de forma natural se seguires uma alimentação equilibrada que te proporcione todos os nutrientes necessários (minerais, aminoácidos e vitaminas necessários para o teu corpo sintetizar a queratina).

Outras razões pelas quais o nosso cabelo cai mais durante a pandemia. 

Além do eflúvio telógeno que abordámos anteriormente, deves conhecer o efeito de alguns elementos indiretamente relacionados com o vírus. Existem, principalmente, mais três motivos que aumentam essa queda capilar. Quais são?

1. O stress. A situação stressante e traumática que vivemos com o confinamento, a perda de pessoas próximas ou a angústia de ter que usar a máscara durante todo o dia, tornaram-nos pessoas mais tensas do que o normal.

2. Utilizar máscaras que pressionem o cabelo. Neste caso, optar por uma máscara cujos elásticos podes colocar nas orelhas será uma boa solução.

3. Raízes mais fracas. Se costumas andar com o cabelo apanhado para que o cabelo não interfira com a máscara, poderás estar a enfraquecer os bulbos pilosos.

É possível neutralizar o efeito das agressões externas durante o outono?

Se procuras atenuar o efeito de agentes externos ou as alterações fisiológicas no teu próprio corpo que propiciam a queda capilar, é importante que sigas os devidos cuidados durante o outono. De que forma? Segue os conselhos abaixo indicados:

1. Minimiza o uso de ferros de esticar ou secadores. É melhor deixar o cabelo secar ao ar livre e escová-lo com um pente de dentes largo.

2. Realiza massagens capilares. Promovem a circulação sanguínea, o que é especialmente importante neste momento, pois permite uma maior contribuição nutricional e oxigenação dos bulbos capilares.

3. Segue uma boa higiene capilar.

4. Cuida da tua alimentação. Uma alimentação equilibrada, aliada a suplementos alimentares específicos, irão ajudar-te na síntese de proteínas e queratina, tão necessárias para as unhas e o cabelo.

Produtos recomendados para a queda capilar. De que forma te podemos ajudar em Mifarma?

Este aumento de queda capilar causado por variados fatores pode ser evitado de diferentes maneiras. Já mencionámos a importância de uma boa alimentação, higiene e de minimizar o uso de secadores ou ferros de esticar, mas existem alguns elementos que também ajudam a manter a saúde do cabelo.

Champôs e loções

Uma das marcas de maior prestígio quando falamos de champôs e loções é a Klorane e, principalmente no outono, o champô de quinina é uma ótima opção para o cabelo fraco, sem brilho e que cai facilmente. Assim como o champô força e volume da Mifarma Natur que fortalece e tonifica a raiz do cabelo graças aos seus ingredientes: vitamina B3, proteínas de trigo e extratos de ginseng, alecrim e centáurea. Além disso, poderás reforçar o seu efeito com o sérum fortalecedor antiqueda que contém uma fórmula exclusiva com cafeína, perfeita para minimizar a queda, reativar o crescimento e fortalecer o cabelo.

Nutricosméticos

Além de uma boa alimentação, poderás precisar de um extra de vitaminas, zinco, ferro ou selénio. Assim, poderás, por exemplo, optar por um suplemento como o Oenobiol Capilar, que contém na sua fórmula um princípio ativo de origem vegetal, e biotina, que te ajudará a manter o cabelo cheio de vida

Já começaste a notar uma queda excessiva de cabelo? Encontra uma solução o quanto antes!

Reme Navarro Escrivá

Farmacêutica e Nutricionista. Licenciada em Farmácia na Universidade de Valencia no ano 2007, Licenciada em Nutrição na mesma universidade em 2009. Dedicada ao mundo da saúde e da farmácia há mais de 15 anos. De reunião em reunião, na Atida eu escrevo este blog sobre temas que considero interessantes para a saúde e cuidado pessoal.

0 comentários

Deixa o teu comentário

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *