O que é a melanina?

A melanina é o pigmento natural responsável pela cor do cabelo e da pele. Mas para definir o que é a melanina, devemos também falar da sua função principal: proteger a sua pele contra os efeitos da radiação UV.

Quando se está exposto ao sol, a síntese deste pigmento nos melanócitos é ativada. Isto evitará danos nos núcleos celulares da epiderme e que queime a sua pele. A sua produção é o que faz a sua pele escurecer à medida que se bronzeia.

Tipos de melanina

Podem ser diferenciados até três tipos de melanina:

  1. Neuromelanina. É um pigmento escuro presente no locus coeruleus, o núcleo motor do nervo vagus e a substância negra. No entanto, a sua função exata no cérebro não é conhecida. Sabe-se apenas que o seu número aumenta à medida que se envelhece.
  2. Feomelaninas. São pigmentos avermelhados ou amarelados responsáveis pela coloração clara da pele. São comuns nas pessoas ruivas. Por outro lado, é importante notar que podem tornar-se cancerígenas com a exposição à radiação ultravioleta.
  3. Eumelaninas. Este tipo de melanina é o mais comum nos seres humanos. São pigmentos de cor castanha ou preta e contêm enxofre, igual ao anteriores, mas em menor quantidade. As eumelaninas são comuns nas pessoas de raça negra. Nos jovens caucasianos é comum encontrar a eumelanina castanha.

Função da melanina na pele

Este pigmento é responsável pela existência de pessoas com pele mais clara ou mais escura. Além disso, permite também diferenciar entre morenas, ruivas ou loiras. Mas, sem dúvida, uma das suas funções mais importantes é proteger a sua pele contra os efeitos da radiação UV do sol.

A melanina é ativada quando se está exposto ao sol e tem uma ação protetora sobre a pele. Evitando assim danos nas camadas mais profundas e delicadas. Como é que o faz? Bem, através da absorção de radiação ultravioleta. Quando isto acontece, a sua pele escurece e produz aquilo a que chamamos um bronzeado. Por outro lado, os tipos de melanina também influenciam a forma como a sua pele se protege a si própria.

Dependendo do seu tipo de pele, a absorção da radiação solar será mais ou menos eficaz. Por exemplo, a eumelanina oferece-lhe maior proteção contra o sol do que a feomelanina. Por esta razão, quanto mais pigmentada for a sua pele, mais protegida estará.

Existem diferentes fototipos para medir a capacidade de cada indivíduo de se queimar ou bronzear após a exposição solar.

  • Fototipo I. Estas peles não se bronzeiam e são muito propensas a queimaduras solares.
  • Fototipo II. São também peles claras, mas ao contrário das anteriores, bronzeiam-se com dificuldade, embora ainda possam ficar queimadas com bastante facilidade.
  • Fototipo III. Estas são peles que se bronzeiam lentamente e que só de tempos a tempos. 
  • Fototipo IV. Este tipo de pele normalmente não sofre queimaduras e bronzeia-se com facilidade.
  • Fototipo V. Estas são as peles que têm um elevado grau de pigmentação.
  • Fototipo VI. São as peles mais pigmentadas.

Alimentos que promovem a produção de melanina

Alguns alimentos ou produtos alimentares podem promover a produção de melanina. Estes são geralmente os que contêm substâncias como carotenos, incluindo betacaroteno e licopeno.

O betacaroteno é um dos mais utilizados devido à sua eficácia. Tem a capacidade de proteger a pele do eritema ou vermelhidão causada pelos raios ultravioleta. 

O licopeno, por outro lado, é um antioxidante que, combinado com outros carotenóides, favorece a sua absorção. Além disso, é também um antioxidante, pelo que previne o fotoenvelhecimento e mantém a sua pele mais bonita e saudável.

Quais são os alimentos que se devem comer para produzir melanina?

  • Tomate. É uma fruta rica em betacaroteno que se come durante todo o ano. É muito versátil, e durante os meses de Verão é normalmente consumido sob a forma de ensalada ou gaspacho ou ainda em saladas.
  • Cenoura. É um dos alimentos mais consumidos para bronzear a pele. Tem uma alta concentração de betacaroteno, e é importante consumi-los durante as semanas anteriores à exposição solar.
  • Abóbora. Embora seja um alimento que normalmente se associa ao Inverno, pode comê-lo durante todo o ano em cremes ou saladas frias. Para aumentar o seu bronzeado, coma-o na noite antes da exposição solar.
  • Brócolos. É outro dos alimentos que não pode faltar na sua dieta de verão. É um vegetal com muito poucas calorias, por isso é perfeito para esta altura do ano. Irá também promover uma pele brilhante, macia e jovem.
  • Espinafres. Contêm alfa e betacaroteno. Ambas as substâncias estimulam o desenvolvimento da melanina e protegem a pele da radiação solar. 
  • Peixes. O atum ou salmão são uma fonte natural de antioxidantes tais como as vitaminas E e D. Portanto, protegem a sua pele dos efeitos negativos dos radicais livres.
  • Frutas de Verão. A fruta da época é perfeita para o bronzeado por causa da vitamina A que fornece. Algumas das mais interessantes são os mirtilos, morangos, melancias ou damascos. Outros fornecem vitamina E, como o melão.

Com esta informação sabe agora o que é melanina, o que são fototipos de pele e os alimentos que a podem ajudar a obter um melhor bronzeado. Agora, só não se esqueça de usar um fator de proteção solar adequado, se vai apanhar banhos de sol.

Reme Navarro Escrivá

Farmacéutica y Nutricionista. Licenciada en Farmacia en la Universidad de Valencia, Licenciada en Nutrición en la misma universidad. Dedicada al mundo de la salud y la farmacia desde hace mas de 15 años. Entre reunión y reunión en Mifarma escribo éste blog de los temas que considero interesantes para la salud y el cuidado personal