Como proteger uma tatuagem do sol? Os melhores protetores solares para tatuagens

,
protetor solar para tatuagens

O verão é normalmente uma das estações em que as pessoas têm mais vontade de fazer tatuagens. Mas a exposição ao sol e ao calor pode ser um risco maior nestes casos, pois podem causar alergias, cicatrizes inestéticas, infeções… Se estás a pensar em fazer uma, deves saber como escolher um bom protetor solar para tatuagens. Estas dicas não só te ajudarão durante esta época, mas também são válidas para qualquer altura do ano. Aprende a proteger do sol uma tatuagem recente.

Como é que o sol afeta as tatuagens?

Há muitos fatores que possibilitam que uma tatuagem se desvaneça, mas o mais importante é, sem dúvida, o sol. A radiação ultravioleta pode fazer com que a tatuagem perca nitidez e que a definição em preto se transforme em manchas azul-esverdeadas.

Por esta razão, os tatuadores profissionais dir-te-ão que a chave para cuidares das tuas tatuagens é ficar afastado do sol. Isto é ainda mais importante quando é recente, uma vez que se deteriorará mais rapidamente.

No entanto, isto não te deve preocupar se já estás a planear desfrutar do sol, da praia, da piscina ou da montanha. A melhor solução é que o teu novo melhor amigo seja um bom protetor solar para tatuagens.

Depois de fazeres uma tatuagem, a tua pele fica danificada e ferida. É, portanto, mais vulnerável a agentes externos como a radiação solar. O pigmento absorve os raios solares e isso favorece a sua degradação e, como consequência, a descoloração da tatuagem. Também podem ocorrer alterações de cor e, na pior das hipóteses, a tatuagem irá desvanecer-se.

Além disso, a cura pode ser retardada e, com a intensidade do sol, será mais fácil o aparecimento de bolhas e queimaduras.

Por todas estas razões, a nossa recomendação é que evites banhos de sol depois de fazeres uma tatuagem. É aconselhável deixá-la cicatrizar antes de te quereres bronzear, mas se não o conseguires evitar, deves usar um bom protetor solar para tatuagens e cobrir a zona.

Porque é que é necessário usar protetor solar nas tatuagens?

Já sabes que uma tatuagem não deixa de ser uma ferida na pele e precisa de cuidados especiais. Durante os primeiros dias recomenda-se a utilização de película aderente para a cobrir, uma pomada cicatrizante durante um mês e lavá-la com água e sabão neutro, mas sem esfregar. Ao secar a tatuagem, é aconselhável fazê-lo com pequenas batidinhas. O objetivo é evitar que a tatuagem resseque.

Por outro lado, evitar a exposição solar evita alterações na pigmentação. Isto significa que não é aconselhável ir à praia ou à piscina até que a pele tenha cicatrizado. A ligadura com fita adesiva ou similar deve ser hipoalergénica e, antes disso, deve haver uma camada de vaselina na tatuagem para que esta permaneça húmida.

No entanto, após 30 dias e quando a ferida já não tiver crosta, é importante usar um bom protetor solar para tatuagens. A nossa recomendação é que utilizes filtros físicos e evites filtros químicos. Desta forma, evitas qualquer tipo de sensibilidade possível. Do mesmo modo, não deves expô-la ao sol nas horas de mais calor.

Como escolher o protetor solar perfeito? A nossa recomendação na Atida | Mifarma é que a proteção deve ser sempre SPF 30 ou superior e que deve ser de largo espectro.

Tatuagens recentes: como cobri-las do sol e cuidar delas com protetor solar

Se quiseres que a tua tatuagem fique bonita, deves ter em conta uma série de cuidados básicos. Dizemos-te como o fazer.

Limpar as zonas das tatuagens

Em termos de cuidados básicos com uma tatuagem recente, a zona deve ser limpa diariamente com sabão antissético e água morna. Uma vez limpa e desinfetada a zona, deve ser seca ao ar e depois deve ser aplicada vaselina ou Bepanthol Pomada Tatuagens.

Desta forma, a pele irá regenerar-se e recuperar o seu equilíbrio natural.

Não coçar

Algumas pessoas experienciam frequentemente fortes sensações de comichão quando fazem uma tatuagem, especialmente quando se formam as crostas cicatrizantes. É aconselhável evitar coçar, pois pode irritar a pele, retardar a cicatrização e causar infeção.

O que fazer em caso de infeção?

Neste caso, as medidas a tomar são as seguintes:

  • Em infeções locais leves, limpa a zona com sabão antissético, pomada antibiótica ou soro fisiológico. Evita a exposição solar e mantém a ferida limpa. Deixa-a ao ar durante algum tempo, limpa novamente a zona e, uma vez seca, cobre-a novamente.
  • Para infeções graves, é melhor ir a um centro médico. Poderá ser necessário um tratamento medicamentoso via oral.

Evitar a transpiração e o calor

A transpiração e o calor são alguns dos principais inimigos das tatuagens recentes. Não é apenas porque causam comichão e irritação, mas também porque favorecem a maceração da ferida e impedem a cicatrização.

Se tiveres uma tatuagem recente, deves evitar lugares quentes e usar roupa fresca. Se praticares desporto no ginásio ou ao ar livre, esta pode ser uma boa desculpa para fazeres uma pausa.

Evitar banhos com água quente

Até a tatuagem estar completamente cicatrizada, recomenda-se evitar banhos na praia e na piscina. Do mesmo modo, não é recomendada água quente, mas sim morna. O objetivo é evitar a maceração da ferida e a possibilidade de esta ser infetada por bactérias.

O que fazer se uma tatuagem ficar danificada pelo sol?

O nosso primeiro conselho, caso tenhas acabado de fazer uma tatuagem, é que evites apanhar sol. Para isso, a melhor coisa a fazer é escondê-la durante algum tempo. No entanto, se a tiveres feito para a exibir, deves tomar uma série de precauções:

  • Usa um bom protetor solar para tatuagens e, se fores nadar, lembra-te de reaplicar assim que saíres da água.
  • Se for muito recente, cobre-a com algo opaco ou com a tua própria roupa durante algumas semanas. Evita molhá-la e, se o fizeres no mar, lembra-te de a secar com um pano limpo para evitar que o sal resseque a tua pele.
  • Se te molhares numa piscina, lembra-te de tomar banho com água doce quando saíres. Desta forma, a tua pele estará melhor cuidada. Em seguida, seca e aplica creme hidratante ou protetor solar se vais continuar a tomar banhos de sol.
  • Sempre que possível, evita a exposição solar nas horas de mais calor. E, se não o puderes evitar, tenta que o tempo seja o menor possível.
  • Se sentires comichão, ardor ou dor na zona tatuada, para de tomar banhos de sol. Por outro lado, se tiver avermelhada, aplica um creme anti-inflamatório ou reparador que acalme e hidrate. Se notares o início de uma infeção ou bolhas, dirige-te ao centro de saúde mais próximo.

Tipos de protetores solares indicados

A tua rotina de cuidados com a tatuagem dependerá da sua antiguidade. Se for uma tatuagem recente, deves permanecer afastado ao máximo durante cerca de 14 dias, ou seja, duas semanas. No entanto, já te dissemos que também necessitarás de aplicar proteção solar e isto não é válido apenas para tatuagens recentes. Todos precisam dele.

Uma tatuagem não deixa de ser uma cicatriz ou um processo de cicatrização, e os pigmentos aplicados absorvem uma maior quantidade de energia. Assim sendo, para protegeres a tua pele e para que não se deteriore com o sol, precisas de usar um protetor solar para tatuagens adequado.

Os que incorporam vitamina B5, vitamina E e pantenol não irão apenas acalmar a tua pele. Também promovem a regeneração celular e hidratam em profundidade, pelo que a tua pele estará bem cuidada.

Os melhores protetores solares para tatuagens

Ao escolher um protetor solar para tatuagens deves proteger-te, mas também hidratar a tua pele. Desta forma, a cor permanecerá viva por mais tempo. Além disso, alguns até ajudarão a que pareça mais brilhante.

O que deves ter sempre em mente é o nível de proteção SPF e, na época de verão, a nossa recomendação é que seja pelo menos 50. Mas quais são os melhores protetores solares para tatuagens? Vamos dar uma vista de olhos:

La Roche Posay Cicaplast Baume B5 SPF50

A fórmula completa do Cicaplast Baume B5 SPF50 Anti Marcas da La Roche Posay  acalma, protege e repara a função protetora da pele. Deve ser aplicado em pele limpa e seca sempre que necessário, não deixa qualquer sensação oleosa e tem uma textura agradável e não pegajosa.

Foi testado em pele com tatuagens recentes e provou a sua eficácia num mês com duas aplicações diárias. Preserva a cor da tatuagem e a pele permanece hidratada e apaziguada.

O Protetor solar peles tatuadas SPF50 da Ladival é um protetor solar específico para pele tatuada. Oferece proteção contra as radiações UVA, UVB e IR e não tem parabenos, perfumes nem conservantes. A sua textura é de rápida absorção e foi concebida para cuidar e proteger a pele tatuada, micropigmentada, com cicatrizes ou depilada a laser.

Além disso, realça a cor da tatuagem enquanto promove a sua cicatrização, pelo que tanto a tua tatuagem como a tua pele ficarão agradecidas.

Na Atida | Mifarma cuidamos de ti e selecionamos os melhores produtos para ti. Agora podes escolher um protetor solar para tatuagens com a tranquilidade de que não irás errar. Além disso, na nossa loja online temos também ligaduras, sabonetes e tudo o que precisas para assegurar uma cicatrização rápida e favorável.

Reme Navarro Escrivá

Farmacêutica e Nutricionista. Licenciada em Farmácia na Universidade de Valencia no ano 2007, Licenciada em Nutrição na mesma universidade em 2009. Dedicada ao mundo da saúde e da farmácia há mais de 15 anos. De reunião em reunião, na Atida eu escrevo este blog sobre temas que considero interessantes para a saúde e cuidado pessoal.

0 comentários

Deixa o teu comentário

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *