Popping para queimar calorias

Popping

Gosta de danças urbanas? Já alguma vez dançou com os movimentos típicos dos robôs? Se já o fez, está mais familiarizada com o popping do que pensa. Quer saber o que é e como queimar calorias com este tipo de dança e os seus benefícios? Vamos contar-lhe tudo neste artigo. Não perca!

O que é o popping?

Esta forma de street style ou dança urbana nasceu nos anos 70 na Califórnia, no coração de uma comunidade afro-americana em Fresno. Este tipo de dança consiste em contrair e relaxar os músculos para provocar pops no corpo dos bailarinos.

Um dos pilares desta dança é o improviso, algo que também pode ser encontrado noutras modalidades tais como uprock, breakdance ou hiphop. 

Entre as características deste estilo funk style urbano podemos ver que os poppers ou dançarinos criam efeitos visuais ilusórios ao ritmo da música. Para tal, utilizam a técnica no pescoço, braços, peito ou pernas ao ritmo do funk, do pop e do dance. Além disso, hoje em dia, a música eletrónica e o hip hop moderno, ou dubstep, são também utilizados, embora se possa combinar esta dança com mais tipos de estilos urbanos.

Outra das características mais marcantes do popping é a personalidade dos dançarinos quando se exprimem. Para dominar este estilo, é necessário desenvolver uma boa coordenação corporal e ter sentido de ritmo. Por outro lado, a sua preparação física requer um bom treino aeróbico.

A tudo o que foi dito acima, devemos acrescentar os fundamentos básicos da dança, que podem ser aprendidos em qualquer escola de dança especializada.

Quem pôs na moda este tipo de dança?

Há alguns anos, a sul-coreana Lia Kim revolucionou o mundo da dança com os seus movimentos ondulantes e elétricos de braços e pernas. Grandes marcas de moda como Versace ou Desigual recorreram a ela para promover as suas novas coleções, algo que aproximou este movimento único de dança urbana ao público em geral.

A dança tende a ser algo que as raparigas praticam mais do que os rapazes. Contudo, nesta modalidade, são eles que estão mais envolvidos.

Se popping ou pop são termos que lhe fazem lembrar popcorn, não está enganado. O movimento é inspirado pela forma como as pipocas explodem. Alguns dos passos habituais são twist, flex ou roll e os diferentes estilos de dança da história são os que a compõem. Por conseguinte, diz-se que esta dança urbana é muito profunda, enriquecedora e variada.

Que tipo de roupa utilizam os poppers?

Originalmente, o tipo de vestuário utilizado pelos dançarinos era muito específico, mas ao longo do tempo evoluiu. Naquela época, era possível reconhecer os poppers pelos seus casacos, suspensórios, calças, sapatos, camisas e correntes.

Mais tarde, o look foi reinventado, certos acessórios foram removidos e foram introduzidos os sapatos hush puppies e calças com pregas.

Atualmente, o tipo de roupa mais apropriado é a que facilita o movimento corporal e que potencia os efeitos estéticos da dança. Por esta razão, os poppers vestem-se como qualquer outro tipo de dançarino urbano: calças retas, ténis, camisas de xadrez, bonés… Roupas largas e acessórios como lenços ou bonés são perfeitos para um outfit popper

Depois, tudo o que falta é dançar.

Como se queimam calorias com o popping? 

Os sintetizadores e as caixas de ritmos deram um toque muito robótico às danças dos anos 80. E bandas como Afrika Bambaataa, Egyptian Lover, Kraftwerk ou Twighlight 22 eram as preferidas dos poppers. Mas com o passar do tempo, estes dançarinos abriram-se a outros estilos musicais a fim de expandir a sua arte de rua. Hoje em dia, o havaiano Bruno Mars é um dos cantores favoritos para dançar popping.

Esta dança urbana peculiar tem uma origem comum com outros estilos, embora existam diferenças significativas. As características mais representativas do popping são as seguintes 4:

  • Boogaloo. Boogaloo Sam foi um dançarino que moldou o popping na Califórnia. Dançava campbellocking e combinou-o com uma dança robótica e o boogaloo. Este movimento fazia com que os rapazes se movessem como uma onda. Assim, misturou estas ondas com contrações corporais, a que chamou popping, para criar um novo tipo de dança: electric boogaloo. Isto consiste em criar movimentos circulares em diferentes áreas do corpo, como joelhos, ancas e cabeça.
  • Animation. Esta é uma técnica puramente visual. Mistura movimentos rápidos com movimentos mais lentos. Desta forma, os dançarinos podem fazer pequenas pausas, o que cria um efeito único no público e no próprio show.
  • Chest popping. Esta é uma técnica que sem dúvida conhece de outros tipos de dança, uma vez que é uma técnica básica. Consiste em pôr o peito o mais para fora possível e puxar os ombros para trás.
  • Crazy legs. A técnica das pernas loucas consiste em mover as pernas o mais rápido possível, fazendo movimentos circulares com os pés, tornozelos e joelhos.

Movimentos para queimar calorias com esta dança urbana

Durante a prática desta dança urbana, os músculos contraem-se e adotam diferentes posturas. O objetivo destes movimentos é conseguir efeitos visuais que não passem despercebidos

Como são estes movimentos? Além dos acima mencionados, os seguintes recursos são essenciais para queimar calorias e tirar o melhor partido do popping.

  • Old Man. Os bailarinos realizam movimentos circulares com o seu corpo e, ao mesmo tempo, avançam de lado. Este é mais um daqueles movimentos básicos e elementares que se deve saber executar para praticar o popping. 
  • Miming. Este é um movimento que consiste em agir como se fosse um mimo. Os poppers utilizam, geralmente, as mãos. Desta forma, conseguem contar uma história enquanto o popper faz aquilo que faz melhor: dançar. 
  • Toyman. O dançarino transforma-se num boneco dos anos 70 e executa ângulos de 90 graus com os braços. 
  • Vibrating. Esta é uma das técnicas chave. Consiste em tensionar os músculos e fazê-los vibrar. 
  • Waving. Os dançarinos imitam o movimento de uma onda. Fazem-no de uma forma muito fluida e elegante. 
  • Strobing. O popper deve dar a impressão de se mover em fotogramas. Para o fazer, deve combinar na perfeição movimentos de stop & go, curtos e rápidos.

Estes são apenas os movimentos mais importantes para queimar calorias com o popping. Mas há também outras técnicas que são regularmente utilizadas nesta dança urbana, como por exemplo:

  • Slow motion. 
  • Robotting. 
  • Foot Slide. 
  • King Cobra.

Benefícios do popping

Os benefícios do popping no seu corpo são variados. Provavelmente já sabe que a dança é excelente para queimar muitas calorias, mas vai ajudá-lo a tonificar os seus músculos e a conhecer melhor o seu corpo. Além disso, foi demonstrado que esta modalidade de dança pode ajudá-lo a controlar a doença de Parkinson.

A desvantagem é que, para o praticar, não só é preciso gostar, como também é preciso paciência, muita prática e, acima de tudo, dedicação. Além disso, a sua proprioceção ou consciência do seu corpo deve ser elevada. Porquê? Porque precisará de contrair e relaxar todos os músculos do seu corpo para poder fazer pops nos braços e pernas. E se isso não for suficiente, também o fará com o pescoço e outros músculos que hoje provavelmente nem sabe como se chamam.

Felizmente, tudo isto é compensado pelos benefícios e pela diversão de que vai desfrutar. Quais são os benefícios de praticar esta dança?

Aprender a praticá-lo e a forma de elaborar novas coreografias

Os efeitos visuais deste estilo de dança são muito apelativos. À medida que vai entrando cada vez mais neste mundo, vai querer aprender mais sobre todos estes passos. Isto aumentará a sua capacidade de aprender novas coreografias e poderá fazê-lo de uma forma mais rápida e com melhor execução.

Saberá como se expressar através da dança

O popping pode tornar-se a ferramenta de que necessita para expressar as suas emoções. Como qualquer outra arte, ajuda-lo-á e criará um sentimento noutras pessoas, que sentirão o impulso de querer dançar.

Melhorará a sua condição física

A dança é um dos treinos mais intensos e cansativos. Assim sendo, esta modalidade é perfeita para que possa melhorar a sua condição física. As coreografias que se podem realizar numa aula de popping são mais intensas do que pode imaginar.

Maior conhecimento sobre ritmo e música

Se não conhecia muitos estilos de música até agora, isso está prestes a mudar. Ritmos como o hip hop, o funk ou a música eletrónica começarão a fazer parte do seu novo repertório.

Como pode ver, na Mifarma by Atida estamos sempre a pensar em oferecer-lhe diferentes dicas e recomendações para promover um estilo de vida saudável, como praticar o popping. Se não quiser perder as novidades, mantenha-se atento a todos os nossos canais nas redes sociais.

Reme Navarro Escrivá

Farmacêutica e Nutricionista. Licenciada em Farmácia na Universidade de Valencia no ano 2007, Licenciada em Nutrição na mesma universidade em 2009. Dedicada ao mundo da saúde e da farmácia há mais de 15 anos. De reunião em reunião, na Atida eu escrevo este blog sobre temas que considero interessantes para a saúde e cuidado pessoal.

0 comentários

Deixa o teu comentário

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *