O que é o Maskne? De que forma posso evitar as borbulinhas e espinhas causadas pela máscara?

,
maskne

É possível que, desde há uns meses, especificamente desde o uso obrigatório da máscara, tenhas notado alterações na pele do teu rosto. Pode estar um pouco mais reativa ou podes até notar algumas espinhas e pontos negros. Este fenómeno denomina-se Maskne. Queres saber o que é? Partilhamos tudo contigo neste artigo!

Cada vez mais pessoas têm de lidar com o já famoso Maskne, que é o nome da acne que aparece ao lado da boca após o uso contínuo da máscara.

Notas que a tua pele tem mais borbulhas, espinhas e pontos negros desde que usas esse tipo de proteção? Bem, podes deixar de te preocupar, porque existe uma solução! A seguir, explicamos-te tudo o que precisas de saber sobre o Maskne!

O que é o Maskne?

A palavra “Maskne” deriva de “Mask” (“máscara” em inglês) e acne. Assim sendo, o próprio nome já nos dá muitas pistas sobre em que consiste o maskne. Ainda assim, iremos, neste artigo, abordar este assunto de forma mais detalhada.

A máscara é, tal como os géis desinfetantes ou o distanciamento social, um elemento de proteção contra o coronavírus que se tornou parte essencial do nosso dia-a-dia. Mas, apesar de estarmos cientes da importância do seu uso, a nossa pele não está habituada, por isso é normal que apareça algum desconforto após algum tempo de uso.

O uso da máscara pode acentuar a acne existente nalgumas pessoas ou aparecer em quem não tem e até mesmo em quem nunca a teve. Por que motivo isso ocorre? A resposta é muito simples: por causa da falta de oxigenação e da fricção constante com a máscara.

Por que razão aparece o Maskne?

A nossa pele respira menos do que o normal pelo facto de o nosso rosto estar coberto. Se a isso acrescentarmos a fricção constante da máscara, aumenta o risco de infeção devido a bactérias. Assim sendo, como resultado da falta de oxigenação e da pressão, os poros ficam entupidos e, consequentemente, aparecem mais borbulhas e espinhas.

O Maskne afeta mais umas peles do que outras?

A resposta curta a esta pergunta é sim. Tudo dependerá do tipo de pele que tenhas. Por exemplo, quem já sofreu ou sofre de rosácea, ou quem tem uma pele mais oleosa, tem maior probabilidade de sofrer desse tipo de problema, pois essas peles precisam de respirar mais do que outras. Por esse motivo, irão notar essa falta de oxigenação de forma mais acentuada.

Além disso, a acne na pele mais espessa forma-se na última camada, pelo que se poderão criar pápulas com mais facilidade.

O stress pode piorar este problema?

A situação que estamos a viver, o estado de emergência pelo qual passámos, as mudanças a nível do trabalho e as restrições sociais fazem com que estejemos todos um pouco diferentes. Além disso, às vezes, o próprio facto de usar máscara também nos deixa ansiosos e gera stress.

Como sabes, o stress é um fator que favorece a produção de acne por alterar o funcionamento normal das glândulas sebáceas. Portanto, se ao uso da máscara, que impede a oxigenação adequada da pele, adicionarmos um aumento do stress, toda essa combinação poderá levar a um aumento da produção da acne.

Uma das dicas que te damos para diminuir esta ansiedade é que tentes enfrentar todas estas situações com calma. Recomendamos-te a que experimentes certas atividades que te ajudem a reconectar-te contigo próprio(a) como a meditação, um pouco de desporto ou algumas infusões relaxantes. Agora que o outono está a chegar, é o momento perfeito para começar a beber bebidas quentes.

Como atuar e evitar o Maskne?

Para que não tenhas de te preocupar muito com este tipo de acne, em Mifarma recomendamos as máscaras higiénicas de uso único ou as FFP2, uma vez que muitas pessoas se esquecem de lavar com frequência as reutilizáveis ​​para diversos usos, o que é contraproducente. Mas, além disso, propomos-te uma rotina com a qual poderás combater o Maskne eficazmente.

Rotina de beleza para controlar o Maskne:

Maskné como tratarlo, rutina skinfy

1. Limpa a tua pele de manhã e à noite com produtos específicos que te ajudem a reduzir a proliferação de bactérias e que não sejam agressivos para a tua pele, como o gel de limpeza purificante da Skinfy, que contém árvore-do-chá e ácido salicílico.

2. Utiliza um sérum para melhorar a aparência da tua pele. Em função do grau de acne que tenhas, será ideal utilizá-lo de manhã e à noite, ou simplesmente à noite. A pele deverá estar sempre limpa e seca. Propomos-te o sérum corretor da Skinfy, uma vez que combina alfa hidroxiácidos com ácido hialurónico.

3. Depois do sérum, podes utilizar um creme hidratante, oxigenante e leve como a Lierac hydragenist para completar a tua rotina de beleza, oxigenar a pele e combater o Maskne. Uma das características deste produto é que é indicado para diferentes tipos de pele. Desta forma, poderás optar pela textura gel-creme para peles oleosas ou a textura em creme para as peles secas.

Além de seguires estas dicas de rotina de beleza, aconselhamos-te a que utilizes maquilhagem não-comedogénica e que “arejes” o rosto sempre que te seja possível e seguro tirar a máscara durante uns minutos.

Agora que já sabes o que é o Maskne, por que se produz e a rotina que deves seguir para controlar esse problema, de que estás à espera para começar?

Reme Navarro Escrivá

Farmacêutica e Nutricionista. Licenciada em Farmácia na Universidade de Valencia no ano 2007, Licenciada em Nutrição na mesma universidade em 2009. Dedicada ao mundo da saúde e da farmácia há mais de 15 anos. De reunião em reunião, na Atida eu escrevo este blog sobre temas que considero interessantes para a saúde e cuidado pessoal.

0 comentários

Deixa o teu comentário

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *