Como prevenir a insolação do bebé no verão

,
prevenir insolação bebé verão

O verão implica que, além de poder desfrutar de umas merecidas férias, precisemos de cuidar de nós com uma atenção acrescida. Porquê? Porque este tempo pode ser maravilhoso, mas as ondas de calor desses meses nem por isso! Há pessoas que sofrem mais com o calor do que outras e os mais afetados quanto a isso são os bebés. Se queres tomar notas para evitar qualquer problema relacionado com o calor, continua a ler o nosso artigo!

A temperatura corporal do bebé

Durante os primeiros meses de vida do bebé, o seu sistema de termorregulação e fluxo sanguíneo ainda não se desenvolveram completamente. Por esse mesmo motivo, o corpo dos bebés costuma aquecer ou esfriar mais rapidamente do que o corpo de um adulto.

A sua temperatura é diferente da nossa e, por isso, o contacto pele com pele para verificar a sua temperatura é muito importante. Normalmente, para verificar a sua temperatura, o melhor é tocar no pescoço e no peito do bebé. Não te esqueças de que o seu fluxo sanguíneo ainda não está desenvolvido e, por isso, costumam ter as mãos e os pés frios. No entanto, tal não significa que o teu bebé esteja com frio.

A temperatura corporal perfeita para o teu bebé deve estar entre os 35 e os 37 graus, assim como os adultos. Uma diferença que existe entre ti e teu filho é que a atividade física deles é menor, ou seja, isso torna-os mais sensíveis a nível corporal.

Como sei se o meu bebé tem calor?

Estes são alguns dos sinais:

  • Apresenta dificuldades para comer.

  • As suas bochechas estão rosadas.

  • Tem movimentos apagados e lentos.

Durante uma estação fria, o ideal é retirar-lhe uma camada de roupa para que atinja a sua temperatura ideal. Se for nas estações mais quentes, coloca ao teu pequeno pouca roupa e mantém-no numa sala fresca. Também é muito importante não abusar do ar condicionado, pois podem ficar com a garganta e nariz secos.

Os bebés com demasiada roupa, tanto no inverno como no verão, sentem calor. Se o teu bebé está a transpirar, isso não significa que esteja com calor e é por isso sempre muito difícil chegar a uma conclusão apenas pela transpiração. É, portanto, muito importante observar outros sinais como os que mencionámos anteriormente.

Sintomas de insolação em bebés

Os grupos mais vulneráveis ​​tendem a ter maior risco de insolação quando as temperaturas aumentam. Os bebés com menos de um ano de idade são sensíveis à insolação. Por isso, é essencial ter sempre muito cuidado em relação ao calor. Esse tipo de reação costuma ocorrer quando o corpo recebe um aumento acentuado de temperatura devido ao calor do ambiente em que se encontra. Espaços muito quentes ou húmidos tendem a ser os locais onde ocorrem mais insolações.

Existem vários sintomas que nos podem dar sinais de que se está a sofrer de insolação:

  • Vómitos
  • Confusão
  • Sono
  • Sensação de desmaio
  • Fraqueza

Se não prestares atenção aos sintomas e não reagires rapidamente, isso poderá levar a problemas mais sérios nos órgãos corporais. No caso de um bebé, é importante prestar ainda mais atenção, pois muitos não expressam o seu desconforto. O segredo é observar o comportamento dele e, se houver suspeitas, levá-lo para um local fresco e arejado. Além disso, deves controlar a sua febre e detetar as causas da mesma

Como evitar que o meu bebé sofra uma insolação?

Para começar, um truque que costuma funcionar sempre é não vestires mais roupa ao teu bebé do que a que tu tens vestida. Os bebés sentem a temperatura como um adulto, ou seja, se estiveres com calor, o teu bebé também o estará certamente. Não é aconselhável vestir-lhe mais roupa  “apenas por precaução”. Calor excessivo pode causar Sudamina, que é uma reação da pele ou insolação.

Se o bebé molhar a sua roupa, significa que precisa de ser trocado para ficar mais fresquinho. À noite, é recomendável que durma com pelo menos um lençol. Também recomendamos o seguinte:

  • A temperatura ideal: o teu bebé sentir-se-á confortável numa espaço com uma temperatura entre 20 a 22 graus. Podes usar o ar condicionado para atingir essa temperatura, mas com cuidado. Não coloques o teu filho debaixo de uma saída de ar, nem deixes o ar condicionado ligado durante a noite. Para evitar a secura causada pelo ar, liga um humidificador, se necessário.
  • Passeios durante o verão: é muito importante evitar o sol durante esses passeios, para que não sofras tu, nem o teu bebé de insolação. Os melhores horários para caminhar são a primeira hora da manhã ou ao final da tarde. Deves sempre proteger o teu pequenino com um guarda-sol e um chapéu.
  • Dá-lhe água: sempre que achares necessário, dá-lhe água. Não é por ele não querer beber que significa que não precisa.

Em Mifarma, pedimos-te sempre para que tenhas muito cuidado, pois os bebés são muito sensíveis às mudanças de temperatura. E em caso de dúvida, recomendamos-te que consultes um pediatra ou um profissional de saúde.

Reme Navarro Escrivá

Farmacêutica e Nutricionista. Licenciada em Farmácia na Universidade de Valencia no ano 2007, Licenciada em Nutrição na mesma universidade em 2009. Dedicada ao mundo da saúde e da farmácia há mais de 15 anos. De reunião em reunião, na Atida eu escrevo este blog sobre temas que considero interessantes para a saúde e cuidado pessoal.

0 comentários

Deixa o teu comentário

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *